GOVERNADOR DEVE SER GOVERNADOR E CORTAR 'ASAS'

REDAÇÃO AgênciaNorte

www.agnorte.com.br

Por Marlen Lima

Olha só.

Wilson Lima já deu mostras que é um homem que está aberto a ouvir, ao bom diálogo, e quer, acima de tudo, um futuro governo participante. Ou seja, ele quer que a sociedade de fato possa ser ouvida e participe. Para isto, já ficou claro que o seu vice, Carlos Almeida será um dos homens mais fortes deste governo.

Lado a lado com o governador, o vice tem sido fortemente o mais consultado por Wilson Lima, tendo este total confiança naquele que dividiu a chapa vitoriosa. Chapa esta que muitos dos que hoje querem estar ao lado do governador eleito sequer estavam lá atrás...Porém, muitos correm para ter a chance de também conquistar um espaço neste futuro governo estadual, que promete.

Promete quebrar paradigmas. Promete romper velhas barreiras, e nisto, em si já pode ser visto por algumas ações do governador eleito. Ainda que já tenha dito que os poderes são, realmente, independentes, o executivo estadual não vai mesmo se meter na eleição do legislativo, quando três fortes candidaturas possíveis disputam a Presidência da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas – Aleam. (Isto pode mudar para uma só chapa unificada ).

São estes os nomes – Berlamino 'Belão' Lins, Sarafa e Josué Neto. Destes três, o AgênciaNorte afirma que há um nome que mais desponta, um só nome tem hoje mais força que os demais - isto porque conta com simpatias do futuro governo bem como do governo municipal. E Wilson já deixou claro que o nome que tem sua simpatia é de quem já tem a experiência de ter sido presidente, e de forma unânime tem agregado forças políticas nas mais variadas frentes.

Mas, além deste estilo aparentemente desapegado, Wilson Lima não se engane, o governador eleito está atento aos movimentos, sagaz tem sabido entender como funciona nossa política, e ele, em si, tendo quatro olhos, quatro ouvidos é bom que o futuro governador saiba cortar de forma firme 'asas' que podem minar, logo de cara, o seu governo.

Refiro-me a uma onda que deseja crescer que é a de que Luiz Castro já é o candidato natural do governo (que ainda sequer foi empossado) para 2020.

 

Oras, por favor! Menos!!

Não sei se este espírito de extremada ansiedade parte do próprio, ainda, deputado Luiz Castro. Que, sim, hoje é uma das fortes peças da Comissão de Transição, e sabe-se que ele seria de muita utilidade ao bem do Estado caso viesse assumir ano que vem a Casa Civil, onde sua larga experiência política seria de muita ajuda para um governador que está chegando agora neste novo mundo chamado política.

Luiz é ambicioso, sim, claro! Luiz é um homem político que tem pautado suas lutas com muita ética, respeito e é um ficha limpa, porém, Luiz, e nem os seus asseclas, deve permitir que suas ansiedades 'queimem' um governo que ainda nem começou, e que o novo governo ainda tem muito antes para resolver do que pensar em eleição municipal de 2020!!

Vamos lembrar que se o discurso que temos visto do novo governo que virá é o de austeridade, ética, compromisso com o Estado, com a população, então, não cabe vermos zun zun de que já se tem uma candidatura afirmada para a disputa eleitoral de Manaus, em 2020.

Se o discurso é o trabalhar ao máximo para o hoje, não se pode perder o foco para os emergentes problemas que vivemos na Saúde, na Segurança, na Educação, e não se pode deixar que uma destas pastas sirva apenas de trampolim para 2020!

Isso Wilson não pode deixar!!

 

FIRMEZA

O povo quer transparência e reais ações para os seus problemas possam ser resolvidos - Se hoje são as filas, a demora no atendimento, na marcação de consultas, de exames, então, que o governador do alto de seu poder determine que tais cooperativas que cercam nossa saúde sejam, enfim, eliminadas e se pare de atender a esquemas velhos da política que está sendo passada.

O povo quer ver policiamento de fato nas ruas, e ter segurança, e se as mortes de presidiários no nosso sistema carcerário, que tanto se falou na campanha eleitoral, porém, este atual sistema já deixou claro que tal empresa que hoje cuida disto não é mais, há tempos, capaz de ali permanecer....Então, que o novo governador tenha o pulso firme, amparado pelo povo, para cancelar tal contrato hora vigente. Corte os velhos contratos que nos envergonham!

Simples! Não, claro que não é, mas, sim, é possível...

É preciso que Wilson Lima logo de cara em seu governo apare 'asas', imponha o poder de governo que tem, sem titubeios, e diga o que o povo precisa ouvir, e quer ver, que são reais ações que cortem os males que atravancam nossa saúde, nossa segurança... 

Lembremos que foi para pôr fim a isto tudo que Wilson e Carlos foram eleitos!!

ban zona 

ban gov am

prente

 

agnorte logo02

© 2015 Agência Norte Online. All Rights Reserved. Designed By HM