Sábado, 18 Maio 2019 19:07

UM DAVID AGRADECIDO E DESEJOSO

Avalie este item
(0 votos)

REDAÇÃO AgênciaNorte

www.aosjaraquis.com.br

Por Marlen Lima

Ele pode até estar fora da política, no caso sem mandato, porém, tudo indica que uma parcela da população ainda lembra de seu trabalho à frente do poder legislativo, e/ou quem sabe até de quando ele foi governador interino. Falamos de David Almeida, que nas pesquisas informais para eleição para prefeito da Capital tem surgido em primeiro colocado.

Mas, David Almeida está fechando um partido novo para lhe abrigar, mais uma vez, possivelmente para sair candidato em 2020, em mais uma tentativa ao cargo majoritário. Na sua primeira tentativa ele ficou em terceiro lugar na eleição do ano passado, quando disputou o governo. Ele assegura que esta segunda, 20, vai fazer o anúncio. 

Deste aparente novo David que ressurge sem mandato político podemos dizer que algumas fontes estão ainda tentando entender o que poderá vir pela frente, já que na eleição passada Almeida agiu com um temperamento que foi além de aceitável, e que acabou não somando ao seu favor.

David teve a sua disposição o partido de Sarafa e seu filho Marcelo Serafim, o PSB, que deu-lhe abrigo e até ofereceu a presidência da sigla, o que foi rechaçado por Almeida, alegando que ali estava servindo como soldado - de forma leal.

Mas, algo a se observar deste ou daquele David Almeida é que há momentos, ainda, em que algo parecido com uma certa arrogância acaba lhe fechando mais do que abrindo portas. Um certo trato que parece às vezes ser impotência pura da falta da real humildade. O morro nem sempre é o morro!

Mas, do PSB, de sua saída, ficou explicitado por David que deixa o partido, mas não que o PSB lhe tenha fechado alguma porta, pelo contrário. Dos Serafim - pai deputado e filho vereador -, David Almeida afirma que sempre houve uma enorme presteza e a eles só muitos elogios, "a quem quero muito agradecer ao deputado Serafim por seu comportamento leal, correto, descente comigo", salientou David em sua Live do seu Facebook, nesta sexta, 17.

Assim, David afirma que a palavra que resume bem sua passagem pelo PSB é a de 'Gratidão'.

"Quero agradecer ao Serafim que me ajudou muito com seus conselhos, e quero poder sempre procurá-lo, manter essa relação", disse Almeida, que assegura que sai do partido que lhe abrigou pela mesma porta que entrou, "saio pela porta da frente, e que isto seja digno de registro". 

??

Ficou para esta segunda, 20, que David, que deve ainda ir a Brasília (DF), neste fim de semana, para tratar deste novo fechamento político onde pode presidir um partido, que ao que parece terá o reforço de mais duas legendas. Segundo ele, de Brasília deve fazer o anúncio de qual será seu novo partido.

E é justamente por esta possibilidade, de ter o comando de uma sigla partidária - algo para chamar de seu - que fez com que ele saísse do PSB. Ato feito, David assegura, de forma muito tranquila, sem apertos, sem ameaças, e de forma hamoniosa, "onde quero agradecer não só ao Serafim e ao Marcelo, que foi de uma postura respeitosa, companheira, bem como quero agradecer a todos do PSB", diz Almeida, que se mostra realmente mais assertivo.

SERÁ

Porém, a postura de David Almeida oscila na avaliação de alguns políticos quando o discurso do celular ligado, da câmera piscando nem sempre ser o mesmo que o mantém nas rodas políticas. E ainda que saia do PSB sem, oficialmente dizendo, nenhuma rusga, já do PSD de Omar Aziz não se pode dizer o mesmo. O senador por sinal ainda não lhe engole até hoje.

Lembremos que o PSD poderia ter David como candidato natural na eleição tampão ao governo de 2017 - David Almeida era governdaor interino, estava no cargo, mas, justamente lhe faltou confiança de muitos caciques políticos - especialmente de Omar para ter as bênçãos de vir a ser o candidato - Em torno de si, Aziz fecho uma grande aliança para Amazonino Mendes, que contou com apoio do prefeito Arthur Neto, entre outros partidos de força. Negão foi eleito como todos sabemos!

NÚMEROS

David aparece bem nas pesquisas, assim como apareceu quando por cinco meses governou o Estado, e recebendo a picada da mosca azul, agora o político quer só saber de disputar cargos majoritários. Mas, destaca-se que nestes levantamentos de dados eleitorais, que mostra o momento de agora, e que nesta foto David vai bem, mas...Paralelo a isto ele apareça também com uma certa alta rejeição. Fora que estamos muito longe da eleição do ano que vem! 

Porém, David Almeida precisa realmente mostrar ser um candidato maleável e aglutinador, ambas coisas que ele ainda não é. 

Exemplo.

Na Presidência da Assembleia Legislativa, o seu mandato no comando da Casa foi de muitos desgastes, e enfrentamentos que deixaram cicatrizes que numa eleição pode ser que ainda não se tenha curado. 

Agora espera-se segunda-feira para se confirmar qual partido - ou partidos associados, fechados - estará (ou estarão) com David Almeida - enormemente agradecido e desejoso - e que acredita que poderá, sendo dono de um partido, fazer a campanha como quer, apitando sempre o último som.