Fornecimento de material Cirúrgico sob suspeita

REDAÇÃO AgênciaNorte

www.agnorte.com.br

Essa notícia não é de hoje, há meses atrás o AgênciaNorte chegou a publicar um movimento muito suspeito onde os hospitais Beneficente Portuguesa, Santa Júlia e Adventista, os maiores do Estado, estariam indo contra a legislação estadual, que atualmente proíbe que profissionais da área da Saúde tenham empresas para que façam a venda de produtos cirúrgicos.

Assim, é preciso que o Ministério Público do Estado (MPE) aja, porque há fortes rumores de que tais profssioanis destes hospitais acima estejam comentendo o crime de serem empresários e servidores ao mesmo tempo.

hospital adventista

Segundo informações, fontes que atuam nestes hospitais, um grupo de Cirurgiões Bucomaxilo de Manaus estaria burlando a legislação, por meio da empresa North Implant.

Atenção Ministério Público!!

O grupo de cirurgiões seria dono da tal empresa e estaria exigindo que o material liberado pelos convênios fosse desta referida empresa.

O que tem chamado a atenção é o valor dos orçamentos praticados, pois embora a solicitação contemplasse produtos nacionais, o valor sempre é superior aos produtos importados, que é de reconhecida qualidade superior. Daí, o estranhamento de que há algo muito podre ococrrendo na Saúde empresarial de Manaus - tendo anuência de pessoas poderosas.

Como citado acima, o Hospital Beneficente Portuguesa, Hospital Santa Júlia e Hospital Adventista, estariam usando deste artifício ilegal de compra de material. Existe uma funcionária (fonte), que pode confirmar a indicação dos cirurgiões para a North Implant em obter os materiais cirurgícos - uma grande Rede de distribuição que está sendo criada.

hospital beneficente portuguesa

 

 

ban zona 

ban gov am

 

agnorte logo02

© 2015 Agência Norte Online. All Rights Reserved. Designed By HM