ban pref mao out 18

b pref mao

CPI..QUE NADA, SERENIDADE DEVE DITAR O TOM...

...Uns querem CPI, outros não, mas, em ano eleitoral dificilmente uma CPI sairá do papel...

REDAÇÃO AgênciaNorte

www.agnorte.com.br

Por Marlen Lima

O cenário no legislativo é de que com aproximação do prazo legal dos partidos lançarem seus candidatos, a preocupação dos deputados será em lembrar ao eleitor que, sim, ele existe e que na hora de votar deve saber que número confirmar.

Para tanto será muito difícil que o parlamento estadual divida o seu tempo de pedido de votos nas ruas com CPI para investigar um governador que já deu mostras que não se preocupa com o que vem de do lado de lá dos deputados.

Amazonino Mendes governa e sem dar atenção aos deputados, ele segue firme em suas convicções, mesmo que isto tenha servido de combustível para uma Oposição que tem mostrado mais fôlego que os governistas.

Negão na verdade não liga para as atuações agressivas de seu Líder na Assembleia, o dep. Dermilson Chagas, que para defender o governador prefere desqualificar os adversários, chamando-os de tolos, doidos, e etc...Como ninguém quer o lugar de Dermilson, ele vai ficando e falando e falando e falando, defendendo muitas vezes o indefensável.

Para o presidente da Assembleia, dep. David Almeida está claro que o legislativo deverá analisar bem a proposta de CPI, e ele diz que não se teme os gastos com o que uma Comissão Investigadora traz, mas, sim, pelo próprio período eleitoral que não enseja que se tenha um tipo de trabalho deste tipo.

"O deputado Sabá Reis ainda está colhendo assinaturas, não apresentou o requerimento...Existem outros pedidos de ampliação, tudo dentro do diálogo, talvez não precise de uma CPI, se o Governo prestar algumas informações, é todas as informações estão no Portal da Transparência, no Diário Oficial do Estado, então se por acaso for necessário instalar uma CPI, nós instalaremos, senão buscando as informações, os responsáveis para fazermos um relatório para apurar o que está sendo levantado", disse David Almeida, de forma muito serena, o presidente salientou que uma CPI pode gerar a contaminação do processo eleitoral, "nós vamos ponderar, vamos conversar, eu assinei a CPOI porque o Líder do Governo assim pediu, caso a CPI instalada também investigasse o meu governo, os cinco meses quando fui governador interino, e como não devo nada, eu assinei, o que vier a ser feito sem isenção que seja feito!".

No entender do bom politiquês, o que o presidente da Aleam diz é que na verdade não há toda essa vontade de se fazer uma CPI, que de fato em ano de eleição pode-se ter uma investigação que acabe mesmo apenas servindo de palanque eleitoral para uns, e sequer pode ser que nem 'queime' o governo, na real dando mais prejuízos eleitorais aos parlamentares. 

Até a última sexta, 11, haviam assinado os deputados Sabá Reis, Platiny Soares, Zé Ricardo, Luiz Castro, David Almeida, Francisco souza, Abdala Fraxe, e como a CPI para ser criada precisa de oito assinaturas, a dep. Alessandra Campêlo ficou também ade assinar.

O que tudo será confirmado até a próxima sessão, dia 15, terça-feira que vem. Do lado governista, Dermilson assegura que Amazonino está tranquilo, e nada teme.

ban zona 

ban gov am

 

sarampo susam

agnorte logo02

© 2015 Agência Norte Online. All Rights Reserved. Designed By HM