b pref mao

COM SORRISO FÁCIL, DAVID VAI CRESCENDO

REDAÇÃO AgênciaNorte

www.agnorte.com.br

Cinco meses como governador. Este tempo parece que foi pouco para que o candidato ao Governo do Estado pela Coligação Renova Amazonas, David Almeida, mas, neste período foi tempo suficiente para que, o hoje deputado e presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) aplicasse uma política de maior eficiência e transparência, quebrando velhos estilos de política, e isto tem sido um dos pontos que o povo aprova o nome de David 40 para ser governador, de novo, só que agora com a aprovação do voto.

Com sorriso fácil, David vem ganhando a confiança da população por onde anda, Capital e Interior, e em entrevista o 40 ratificou ao jornal da TV Amazonas, nesta terça, 11, que dentre suas prioridades estará a implantação dos programas de desenvolvimento econômico focando ainda mais o fortalecimento da Zona Franca de Manaus (ZFM). Para David o Amazonas pode ser o melhor do país, porque existe uma fonte enorme de recursos a ser explorada junto aos municípios. "É investir na exploração dessas potencialidades", destaca ele, dando como exemplo cidades como Manicoré e Boca do Acre, "sempre levando em consideração a sustentabilidade e a preservação da floresta", ressalta David. 

David lembra que só uma grande mudança para tirar o Estado de um atraso de três décadas, “precisamos tirar o Amazonas do abandono em que se encontra há mais de 30 anos. Na semana passada, estive em 13 municípios, e o descaso com as famílias amazonenses precisa acabar. Temos o compromisso de promover o desenvolvimento socioeconômico do Estado com distribuição de renda, legislação tributária justa, respeitando o nosso meio ambiente. Temos todas as condições de sermos o melhor Estado desse país, o que falta é gestão”, afirmou o 40.

Em municípios como Nova Olinda do Norte, Manicoré e Autazes, que possuem reservas de minérios, David explicou que a ideia é criar as condições para a exploração dessas riquezas. 'Tudo dentro de regulamentações necessárias'.

Para muitos dos seus projetos, David diz que poderá contar a parceria de polos da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), nos municípios, com cursos voltados para as potencialidades de cada cidade/região. “Se os municípios de Anori e Carauari têm potencial para produzir açaí de qualidade, por que não ter um curso na UEA para capacitar as pessoas com gestão para esse fim? Vamos dar oportunidades aos jovens desses municípios no campo da educação, que é o único caminho para o desenvolvimento”, enfatizou David.

ZFM

“Nós vamos trabalhar para desenvolver o nosso interior e dar melhores condições de vida para as famílias das nossas cidades. Mas o governo precisa dar a atenção à Zona Franca de Manaus que ela merece, para manter os empregos que ela gera hoje e possa gerar ainda mais. Para isso, chega de terrorismo em relação à questão dos incentivos fiscais. Nós vamos dar a segurança jurídica de que as empresas precisam”, garantiu David sobre sua postura em defender juridicamente o polo industrial.

ban zona 

ban gov am

 

agnorte logo02

© 2015 Agência Norte Online. All Rights Reserved. Designed By HM