ARTHUR BATE PESADO EM NEGÃO, "ele é covarde!"

REDAÇÃO AgênciaNorte

www.agnorte.com.br

Em mais uma coletiva com a imprensa, o prefeito de Manaus, Arthur Neto foi incisivo quando acusou o governador Amazonino Mendes de culpado pelo alto índice de violência que está ocorrendo na Capital, quando especialmente as instituições municipais sofrem com roubos constantemente.

A própria UBS João Nogueira da Matta, no Zumbi, onde o prefeito se reuniu com a imprensa, nesta tarde, 14, um pouco mais cedo antes de Arthur Neto chegar ao local, uma moradora teve o seu carro arrombado em frente ao posto municipal de saúde. É diante deste quadro, que para o prefeito se torna cada dia mais cáotico, "porque, eu fui eleito para cuidar de Manaus, para ser prefeito de Manaus, mas, vejo hoje acho que sou prefeito de parte de Manaus, a outra parte está a facção criminosa, que está tomando conta!", salienta o prefeito, se mostrando bastante indignado com toda a inércia do Governo Amazonino no trato no combate à criminalidade.

Para Arthur não basta o governador dizer que vai mandar fazer ronda nos locais que ficam escolas e postos de saúde do município, já que até agosto, deste ano, mais de 1,8 mil ocorrências, entre furtos, roubos, assaltos à mão armada com reféns e vandalismo foram registrados em unidades de saúde, educação, transporte e assistência social que são geridas pela Prefeitura de Manaus. E o prefeito enfatiza o quanto isto causa um mal terrível à população e aos servidores, "que ficam traumatizados, o medo tomando conta, e tudo isto prejudica o pleno funcionamento desses serviços e levando prejuízos à população que fica sem atendimento", ressalta ele.

COVARDE

Arthur Neto disse repetida vezes que o governador Amazonino 'é um mal para Manaus, ele não ama Manaus, ele não ama o povo de Manaus', assegura o prefeito, e ele se baseia nesta sua posição devido as ações do governador, que não tem dado o comando para que a PM, os policiais civis possam combater o crime organizado como se deve, "onde os criminosos estão tomando conta da cidade, e ele tem sido covarde! Repito e ele pode me processar. Governador o senhor é um mal para esta cidade, e um covarde. Pode me processar, porque eu devo processá-lo, porque é preciso que todos lá fora vejam o que o senhor não está fazendo aqui para dar segurança ao povo amazonense".

 

ban zona 

ban gov am

 

agnorte logo02

© 2015 Agência Norte Online. All Rights Reserved. Designed By HM