Quinta, 25 Março 2021 07:25

MANAUS POSITIVAMENTE NACIONALMENTE

Avalie este item
(1 Votar)

Gestão David Almeida adota ações eficientes e coloca Manaus em destaque nacional no combate à Covid-19

Em menos de 100 dias à frente do Executivo municipal, a gestão do prefeito de Manaus, David Almeida, transformou a capital amazonense na cidade líder no ranking nacional de vacinação contra a Covid-19. Um ano após a pandemia causar a primeira morte na cidade, registrada no dia 24 de março de 2020, a capital amazonense vem revertendo o quadro caótico em que se encontrava. 

Com mais de 10% da população vacinada, ações para adquirir mais doses de vacinas e imunizar mais pessoas, publicação de decretos em atenção à situação de emergência sanitária que a cidade atravessa, criação do “Auxílio Manauara”, a gestão do prefeito David Almeida adotou essas e outras medidas, para conter o avanço da Covid-19 na capital amazonense.

“Ao assumir a prefeitura no dia 1º de janeiro, me deparei com uma situação gravíssima, porque Manaus foi a primeira cidade do Brasil a entrar em colapso na saúde pública, a primeira capital a sair e a primeira a retornar ao problema. Trabalhamos dentro da nossa realidade, para salvar vidas, adotando as medidas que naquele momento estavam ao nosso alcance, além de contar com o apoio dos governos federal e estadual”, relatou David Almeida.

Para o prefeito, a imunização dos primeiros grupos prioritários, determinados pelo Ministério da Saúde, dentro da campanha de vacinação foi um sucesso. Conforme o “Vacinômetro” – plataforma criada pela Prefeitura de Manaus para acompanhar em tempo real a quantidade de imunizados -, no último fim de semana foi registrada a marca de mais de 10% da população vacinada contra a Covid-19, com a aplicação de mais de 224 mil primeiras doses das vacinas CoronaVac/Butantan e AstraZeneca/Oxford. Esse número representa 10,1% da população estimada para Manaus em 2020, que, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), é de 2.219.580 habitantes. 

Além disso, para o grupo dos trabalhadores de saúde e dos idosos de 70 anos ou mais, o município superou a meta de vacinar 90% da população, conforme estipulado pelo Ministério da Saúde.

Integrando o Consórcio Nacional de Vacinas das Cidades Brasileiras (Conectar), para a aquisição de mais doses de imunizantes contra o novo coronavírus e insumos para combater a pandemia, David diz estar otimista com as articulações que vêm sendo realizadas pelo grupo, coordenado pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP).

Perdas

O prefeito também lamenta os mais de 2 milhões de óbitos em todo o mundo, dos quais 11 mil deles ocorreram no Amazonas, com Manaus registrando em um ano 8.348 mortes – conforme os dados da Fundação de Vigilância Sanitária (FVS-AM) – ao longo de um ano. 

“Tivemos perdas irreparáveis. No funcionalismo municipal, em um ano de pandemia, perdemos 219 servidores que dedicaram parte de suas vidas à nossa população e foram vítimas deste vírus tão cruel”, lamentou

Em memória às vítimas da Covid-19, a Prefeitura de Manaus prepara uma homenagem às 17h desta quarta-feira, 24/3, na sede do Executivo municipal, na Compensa, zona Oeste, com um culto ecumênico, soltura de balões brancos e um minuto de silêncio.

— — —

Texto – Síntia Maciel / Semcom PMM

Fotos – Dhyeizo Lemos / Semcom