Imprimir esta página
Quinta, 13 Junho 2019 12:10

TRABALHANDO PELOS ANIMAIS DE RUA

Avalie este item
(0 votos)

Projeto confecciona e instala comedouros para animais abandonados nas ruas...Voluntários podem solicitar a instalação de pontos de alimentação em lugares com alto índice de animais nas ruas

Com o objetivo de alimentar cães que vivem em situação de abandono nas ruas, a deputada Joana Darc, por meio da Comissão de Meio Ambiente, Proteção aos Animais e Desenvolvimento Sustentável (Caama), criou um projeto que consiste em confeccionar e instalar comedouros e bebedouros em áreas públicas da cidade e também comunidades do interior com maior concentração de animais abandonados nas ruas.

Dando início ao projeto, no último fim de semana foram confeccionados alguns comedouros e bebedouros que foram destinados ao município de Careiro da Várzea, localizado na região metropolitana de Manaus. “Nesse primeiro momento enviamos ajuda humanitária para o município do Careiro da Várzea. As próximas entregas serão para Manaus e vamos ensinar as pessoas a confeccionarem também”, informou a deputada.

 

*Como funciona*

Os interessados podem ajudar o projeto de duas maneiras: Doando materiais para confecção dos comedouros e bebedouros, ou se tornando o guardião de um ponto de alimentação. Para Joana esta é mais uma vitória em prol da vida dos animais. “É uma satisfação enorme ver este projeto se tornando realidade. Usamos os tubos de PVC e distribuímos o comedouro para as pessoas que se comprometem ser guardiões dos mesmos, mantendo limpo e abastecido.  A ideia é que a gente possa reunir pessoas do bem, para que cada um faça sua parte e diminua a fome dos animais que estão nas ruas”,explicou Joana.

Os materiais para confecção dos comedouros são: joelho de 100MM, curva de 100MM, tampa de 100MM, cano de esgoto de 100MM e par de abraçadeiras tipo “U” de 100MM.

Para doar os materiais ou solicitar um ponto de alimentação o interessado deve entrar em contato pelas redes sociais da deputada (@joanadarcam) ou pelo telefone (92) 98145-1111. Após o contato o solicitante , passa por uma entrevista, assina um termo afirmando que irá se comprometer em monitorar a área pelo menos uma vez ao dia, colocando mais ração e água nos comedouros e bebedouros, que também devem ser fornecidas pelo voluntário.