Sexta, 31 Julho 2020 14:36

CIDADE É DESTAQUE PELA EDUCAÇÃO INFANTIL

Avalie este item
(0 votos)

Manaus é destaque em engajamento familiar na educação infantil

O trabalho de engajamento familiar desenvolvido pela Prefeitura de Manaus na educação infantil foi destaque em uma videoconferência realizada pelo Laboratório de Estudo e Pesquisa em Economia Social (Lepes), nesta terça-feira, 28/7, que contou com a participação de educadores de Porto Alegre-RS, Fortaleza-CE, Goiás-GO, Belo Horizonte-MG e Roraima.

Com mais 45 mil alunos na educação infantil e 129 unidades de ensino para a modalidade, entre creches e Centros Municipais de Educação Infantil (Cmei), a Secretaria Municipal de Educação (Semed) apresentou ao grupo de estudo da avaliação da educação infantil, alguns referenciais que Manaus utiliza para apoiar o projeto de Engajamento Familiar e de que forma é possível aprimorar o instrumento que já existe no Lepes.

Durante o bate-papo on-line, foram apresentadas algumas ações e projetos realizados pela rede municipal de educação, com foco principal na educação infantil. Além da relação família e escola, algo trabalhado de forma efetiva na Semed, que desenvolve pelo segundo ano o tema “Família e Escola: todos responsáveis uns pelos outros”.

Os participantes assistiram a um vídeo organizacional da Semed, apresentado pela secretária municipal de Educação, Kátia Schweickardt, que também é a criadora, junto com a subsecretária de Gestão Educacional da Semed, Euzeni Araújo, do Programa Avançado de Implementação de Políticas Públicas (APPI), que trata do engajamento familiar na educação das crianças, tanto em casa quanto na escola.

“O engajamento familiar é um diferencial no crescimento e desenvolvimento intelectual da criança. É dessa forma que a nossa rede tem trabalhado nas nossas 496 unidades de ensino. Esse engajamento se concretiza por meio de um adulto de referência na escola e, principalmente, em casa, onde acontecem, de forma efetiva, aprendizados no dia a dia por meio de conversas, acompanhamentos e interesses pelo o que a criança tem aprendido”, explicou a secretária Kátia Schweickardt.

CHAMANDO ATENÇÃO

O trabalho realizado pela rede municipal de Manaus chamou a atenção de secretarias de outras cidades do Brasil. “A Semed tem trabalhado fortemente o engajamento familiar, principalmente na educação infantil, por isso hoje fomos convidados a apresentar de que forma desenvolvemos esse instrumento nas nossas unidades de ensino. Alguns municípios, que participam desse estudo, demonstraram muito interesse nas nossas ações e nós também aproveitamos para conhecer a experiência de outras secretarias e implementar na nossa”, comentou Euzeni Araújo.

Além da educação infantil, foi apresentado na videoconferência como funciona o engajamento familiar nas escolas de educação integral e nas de educação indígena. “Nas unidades de educação integral e indígenas existem vários tipos de estratégias de ação, que potencializam o engajamento familiar e que foram referências para que a gente pensasse nas metodologias do projeto na rede. Na educação integral a família é parte integrante no processo educativo; na indígena, não existe essa diferença, todos partilham do mesmo referencial, porque a escola está dentro da comunidade, assim como a comunidade está dentro da escola”, comentou Adriana Guimas, que faz parte da equipe de liderança do APPI.

Ao final da videoconferência, Paulo Guerche, coordenador da Lepes, elogiou o trabalho desenvolvido pela rede municipal de ensino. “Manaus está de parabéns pelas ações desenvolvidas nas escolas, e é um ótimo exemplo a ser seguido por várias outras secretarias. Juntos, vamos montar um guia de acordo com a realidade de cada um, que deverá ser aplicado nas escolas com os pais, uma ferramenta para identificar como está o acompanhamento da família na vida da criança”, afirmou Guerche.

— — —

Texto – Érica Marinho