Quinta, 04 Julho 2019 02:14

Parintins 2019

Avalie este item
(1 Votar)
Colunista Autêntico Colunista Autêntico Colunista Autêntico

Colunista Autêntico na Ilha Tupinabarana

Enquanto de um lado há o tal do bico doce, do lado de cá  existe o papo reto que sem rodeios esclarece que a política prevalece em todos os sentidos a prova disso foi a Vitória do boi da baixa. Incrível que nos bastidores não se falava em outra coisa como a Vitória do boi vermelho. Não causa espanto, mais culturalmente empobrece mais ainda a figura cultural dos bois de Parintins e nos leva uma reflexão aonde vamos parar se não dermos um basta nesse ego que envolve poucos em busca das suas conquistas pessoais. Não há um trabalho pelo coletivo, somente o individualismo impera. Esperamos que isso seja revisto pelas pessoas que sao proximos das agremiações.

Já o caprichoso se mostrando invencível fez um grande espetáculo, trouxe alegorias grandiosas. Mais faltou o principal a emoção e a empolgação da galera não foi a mesma de anos anteriores.

 

Nessa ocasião fomos convidados pela ilustre empresária da família baranda Egreen Baranda proprietaria do club badaladissimo Kwati, que nos acomodou em uma suite maravilhosa ao lado de grandes personalidades entre elas Uendel Pinheiro e a top dj May Seven. 

 

Nosso agradecimento especial ao Governo do Estado do Amazonas e parabenizar pela organização nos credenciamentos e no local dedicado a imprensa.

 

O próximo dilema será a eleição bovina, quem será que concorre a presidência de um lado rumores que Jender Lobato vem candidato como majoritário e Nakanomi seu vice de outro lado já murmura que o artista parintinense reconhecido Karu vem também candidato a presidência do boi Azul. Já outros dizem que Carmona vem com seu exército de guardiões para tomar a presidência no grito. Então vamos esperar o que vem por aí.

 

Esses bastidores bovinos nos trazem a reflexão, pra quê tanto poder. Se tudo isso um dia acaba, nada é pra sempre! Consideramos que cada um tem seu legado mais e importante na trajetória da história das duas agremiações. Mais continuar no poder por diversos anos sem dá a vez para o outro contribuir com a história dos bois é  simplesmente não deixar que a história seja contada de forma correta.

 

A Ilha ficou movimentada por quatro dias com festas no Kwait Club que deu um show de produção musical e organização para os visitantes de primeira linha que visitaram a cidade.

 

O Camarote Coca Cola mais um ano se superou em termos de organização e hospitalidade aos milhares de visitantes que passaram pelo espaço coca cola e a responsável jornalista Natália deu um show de simpátia e elegância com os amigos da imprensa que lhe prestigiaram, durante as três noites de festival.