EMPREGAR FILHOS E PARENTES É ÉTICO PARA SUELY

...Para Suely, então, é aceitável não ser ética, e se reeleita vai continuar empregando seus filhos e parentada....Vai continuar a prestigiar as empresas que têm que 'amigos' de seus filhos...

REDAÇÃO AgênciaNorte

www.agnorte.com.br

Por Marlen Lima

Incrível.

Não sei se é a mais pura cara-de-pau.

Mas, para um governante chegar e falar na maior cara dura para milhares de milhares de pessoas que empregar parentes no Governo é natural deve ser alguém que tenha total ou mais de 90% de aprovação de sua administração.

Bom...Mas, isto não é o caso de Suely Campos. Longe disto, a governadora passou esses quatro anos de governança em índices baixíssimos, de forma medíocre, e muito por conta desta declaração que ela deu em plena TV, na maior emissora de repercussão do Estado, a TV Roraima.

Disse Suely - ‘Faz parte da cultura política de Roraima’. Segundo a governadora, é natural que ela empregue os filhos e parentes na máquina do governo, ou seja, é natural, é aceitável que ela dê empregos aos seus familiares - filhos, irmãs, primos, e demais parentada. 

Para Suely, então, é aceitável que as empresas que têm que 'amigos' de seus filhos possam receber em dia os seus pagamentos, já ao contrário de empresas que dão real sustentação a sua administração, como os ônibus e lotações escolares, merendeiras, entre outros, que não recebem por meses, um atraso que têm gerado a mais pura humilhação ao povo roraimense. 

Certamente, quando Suely diz - ‘Faz parte da cultura política de Roraima’, ela apenas se refere a família dela, ontem e hoje. Porque só se deu bem até agora no governo do Campos, os parentes e os agregados bajuladores de primeira ordem.

Embora para Suely seja muito normal nomear filhos e demais parentes para cargos de confiança, a lei é contra isto, e já o próprio Ministério Público já encaminhou pedido para exoneração destes, porque literalmente se não é ilegal, mas certamente não é nada ético. Mas, ética é algo que passa longe de Suely e seus meninos. Daí, vermos esta reprovação popular de seu governo.

Afinal, o povo é contra ao que foi dito em Jornal Nacional do maior escândalo de nepotismo da história do país.

....“Cargos de secretários são políticos. Eu tenho uma filha e uma irmã no governo. Eu não sei dizer se irei continuar nomeando-as, mas se elas quiserem continuar. A Emília, por exemplo, faz um belíssimo trabalho na assistência social, a secretária [de Cultura] Selma já declinou, que ela não quer continuar como secretária. […] A Emília, certamente, eu tenho intenção de manter. Ela faz um trabalho muito bom”, disse Suely com candura e um sorriso, amarelo.

entrevista suely tv rr

ban zona 

ban gov am

 

agnorte logo02

© 2015 Agência Norte Online. All Rights Reserved. Designed By HM