Quinta, 25 Março 2021 08:02

DEPUTADOS QUEREM REDISTRIBUIÇÃO DE VACINAS

Avalie este item
(0 votos)

Na sessão desta quarta-feira (24), os deputados aprovaram o requerimento da Comissão de Saúde e Saneamento para que a Assembleia Legislativa de Roraima solicite ao Ministério da Saúde a redistribuição das vacinas contra a covid-19, destinadas aos indígenas aldeados, mas, que estão paradas na câmara fria do Programa Nacional de Imunização (PNI), do Governo do Estado, a população em geral, conforme a imunização dos grupos prioritários.

Dados fornecidos pela Sesau (Secretaria Estadual de Saúde) apontam que o Ministério da Saúde encaminhou a Roraima 72.250 mil doses de vacinas contra a covid-19 para indígenas aldeados. Os Dseis (Distritos Sanitários Especiais Indígenas) Leste e Yanomami são responsáveis por levar os imunizantes às comunidades, mas devido à complexidade de logística para algumas regiões, parte da população aldeada ainda não foi vacinada.

Os distritos não possuem refrigeradores adequados para armazenamento das doses, por isso ficam sob a guarda do Estado. No dia 18 de março, em reunião com a Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa, o secretário Estadual de Saúde Marcelo Lopes pediu apoio ao Legislativo para intermediar este pedido ao Ministério com intuito de aproveitar o material nos grupos prioritários de vacinação. Essas doses serão repostas com o envio de mais vacinas ao Estado.

Ainda conforme explicado no requerimento, são 26.182 doses em estoque no PNI. O Dsei Leste aplicou 16.312 doses (51,9%) como primeira dose e outras 5.932 (17,2%) como segunda dose. Já o Dsei Yanomami informou aplicação de 5.430 doses na primeira etapa (35,3%) e 1.670 (10,8%) na segunda etapa de vacinação dos aldeados. O documento foi assinado pelo presidente da Comissão, deputado Neto Loureiro (PMB).

Texto: Yasmin Guedes

Foto: Tiago Orihuela / Marley Lima

SupCom ALERR

 

Publish the Menu module to "offcanvas" position. Here you can publish other modules as well.
Learn More.