Segunda, 15 Novembro 2021 14:04

ISAMAR HOJE SAI AO GOVERNO, MAS, SUSTENTA?

Avalie este item
(0 votos)

PTB anuncia pastor Isamar Ramalho como pré-candidato ao governo do Estado...Mais de cinco mil pessoas prestigiam o evento e três mil lideranças religiosas do Interior e Capital se filiam ao partido 

UMA PTB VEIO COM UMA JOGADA POLÍTICA QUE PODE RESULTAR EM DOIS PONTOS: OU VEM, DE FATO, COM UM CANDIDATO que tem extremo laço religioso, mas, sem nenhuma experiência política disputando o Governo, ou por outro lado vem ao Senado, garantindo de forma mais contundente uma vaga.

Mas, neste primeiro momento o Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) lança ao Governo o presidente da Igreja Evangélica Assembleia de Deus no Estado, Pr. Isamar Ramalho. esta é sua aposta inicial, se manterá, ainda há muito tempo para reavaliar.

O anúncio veio neste domingo, 14, quando lá, no Centro de Tradições Gaúcha (CTG) Nova Querência, Isamar foi confirmado pelo presidente do PTB em Roraima, deputado Jeferson Alves, o Gordinho, como candidato ao Governo 2022. 

Gordinho, que com sua larga experiência com o maior achacador/traidor do Estado, o atual senador Temário Mota - a quem Jeferson Alves esteve toda sua vida ao lado dele, e muito aprendeu, inclusive ser 'espertalhão' na política, pondo sempre o partido a venda - jogando com o partido. 

Veremos o que vem!

Deste domingo, segundo o PTB, mais de cinco mil pessoas prestigiaram o evento que contou com a participação da presidente nacional em exercício do PTB, Graciela Nienov, da secretária-geral do PTB Mulher, Paula Vaz, além do vereador por Boa Vista, Ilderson Pereira, lideranças do partido no Estado e centenas de correligionários.

EXPRESSÃO E CONFIANÇA

Mais força popular veio com o povo da igreja, cerca de três mil pessoas, entre pastores e líderes religiosos da capital e do Interior. 

“O PTB já teve a oportunidade de ter o maior governador que este Estado já viu, que é o ex-governador Ottomar [de Sousa Pinto] e hoje novamente o 14 volta às fileiras para eleger o próximo governador de Roraima, que é o pastor Isamar. Um homem preparado, que ao longo destes 23 anos à frente da [igreja] Assembleia de Deus se especializou em cuidar das pessoas, priorizando aquele que precisa, um homem que tem os mesmos ideais que o PTB, em defesa da família cristã, da democracia e da liberdade. Um homem que se dispôs a sair de seu conforto para dizer, estou aqui, Roraima e serei o melhor governador que este Estado já viu”, anunciou Jeferson Alves. 

Pastor Isamar, que deixa o Podemos, revelou que a escolha pelo PTB se deu porque o partido está alinhado com o que ele e toda a família cristã querem para Roraima.

“A sigla é um refúgio para os conservadores de direita da nossa nação. O PTB nos abraçou, nos deu guarita e hoje estamos aqui para assinar nossa ficha de filiação. Porque o PTB pensa como nós pensamos. Tem princípios éticos, morais e cristãos. Roraima merece uma nova chance e o 14 está de volta para governar este Estado. Vamos tomar o poder, governar Roraima. Se você é do bem, vem para o PTB também”, discursou.

Presidente Nacional do PTB, Graciela assegurou que o Pastor Isamar tem sua confiança, porque assim tem o presidente regional do partido, e com Ramalho o PTB ganha em musculatura partidária forte, e o povo de Roraima poderá ter um nome cristão, conservador para o bem do Estado.

QUADRO MEXE

Até dias desses, Isamar era um homem que estava alimhado com o Governo Denarium, porém, o governador tem mantido uma estreita linha ao lado de um só nome que manda em seu governo, o senador Mecias de Jesus, que gera embates dentro da base governista, porque justamente o 'baixinho' do Sul gulosamente tem muito mais que os demais laiados, e isto já mexe numa quebra dentro do Governo, onde deputados se mostram insatisfeitos, assim também ficou Isamar com a desvegonhada ações do governador, daí o pastor sequer, hoje, querer ver Denarium.

Isamar não confia mais no atual Governo, e isto ficou claro quando no último evento da Igreja, em seu aniversário, o presidente da República veio a Boa Vista, e o governador não foi convidado, porém, Denarium por lá compareceu em desespero de colar sua imagem junto a Bolsonaro. Mas, Isamar permitiu só isto, estar ao lado do presidente. O Governador não teve direito a fala na igreja, e nem nas entrevistas. Isamar não confia mais em Denarium, e muito menos em alinhados governistas como Mecias, este que mais sangra o governo, e só pensa em seus bolsos.