Segunda, 19 Abril 2021 11:35

APÓS INTERVENÇÃO, MANAUSMED RETORNA

Avalie este item
(1 Votar)

Manausmed garante retorno de serviços de urgência e emergência após intervenção da Câmara

O titular da Secretaria Municipal de Administração (Semad), Ebenezer Bezerra confirmou em reunião nesta sexta-feira (16/4) com os vereadores da Comissão de Saúde (Comsau), na Câmara Municipal de Manaus (CMM), que os serviços de urgência e emergência do Manausmed serão retomados em 30 dias.

A reunião, segundo o presidente da Comissão de Saúde, vereador Daniel Vasconcelos (PSC), aconteceu após as diversas denuncias de servidores sobre o não atendimento deste tipo de serviço nas unidades hospitalares. “Marcamos esse encontro para esclarecer os motivos e percebemos que essa gestão, recebeu o Manausmed com muitos problemas financeiros e com contratos quebrados, por isso, os 40 mil servidores ficaram sem estes serviços”, explicou.

De acordo com Ebenezer Bezerra, a Semad já conseguiu fechar acordo com Hospital Santo Alberto, para atendimento de grávidas no pré-natal, parto e pós-parto até 30 dias e que estão trabalhando para resolver os demais problemas. “A unidade hospitalar que atendia os servidores quebrou o contrato durante a pandemia porque não suportou a demanda, acabamos ficando sem esse apoio. Foi assim que recebemos a pasta e estes primeiros meses foi para apagar esse incêndio e encontrar soluções”.

O subsecretário do Manausmed, Cezar Marques, explicou que foi aberto credenciamento para novos hospitais e que em breve os servidores contarão com novos hospitais, clínicas e laboratórios. “Estamos trabalhando para modernizar todo o sistema, e essas novas unidades hospitalares fazem parte desse processo. O Manausmed estava com sérios problemas financeiros, devendo, e conseguimos solucionar isso em três meses de gestão, esse é o compromisso assumido com nossos servidores”, destacou.

Durante a reunião, a vereadora professora Jacqueline (Podemos) também pediu que fosse revisto o problema de servidores da educação que tem duas cadeiras e pagam dois planos da Manausmed. “Isso não está certo e precisa ser revisto, como um professor vai pagar pelo mesmo plano duas vezes?” indagou.

Segundo Ebenezer Bezerra, o problema é antigo e será solucionado o quanto antes. “Esse é um problema que vem de gestões passadas e precisamos resolver, realmente não é justo e estamos atualizando nosso sistema, para corrigir todas as falhas possíveis”, disse.

Outros assuntos abordados na reunião, que ainda contou com a participação do vereador Amom Mandel (Podemos), foi quanto inserir profissionais odontológicos no sistema e reforçar o acompanhamento psicológico durante a pandemia, solicitações feitas pelo vereador Daniel Vasconcelos.

 

 

...

Texto: Tiago Ferreira – Dircom/CMM

Foto: Robervaldo Rocha – Dircom/CMM