Quinta, 28 Julho 2022 09:21

LEI 'MÓVEL' PARA COMBATER O CÂNCER

Avalie este item
(0 votos)

Julho Verde: Lei de Roberto Cidade cria Serviço de Atendimento Móvel para detecção precoce do câncer
 
“Toda doença, quanto mais rápido o diagnóstico, melhor. Com o câncer principalmente. Essa é uma doença que, muitas vezes, só apresenta sintomas quando já está em estágio mais avançado. Por isso, é necessário que o Poder Público disponibilize todos os meios para a realização de exames que possam detectar a doença em estágio inicial. Esse serviço móvel busca isso e é um ganho na luta pela vida”, afirmou o autor da Lei nº 5.788, que criou, em janeiro deste ano, o Serviço de Atendimento Móvel para o diagnóstico do câncer, deputado Roberto Cidade.

Este é o Julho Verde, onde é dedicado à conscientização sobre o câncer de cabeça e pescoço, daí a importância da lei criada pelo presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado estadual Roberto Cidade, que segundo ele, com isto tal lei auxilia na detecção do câncer, em estágio inicial em crianças e adolescentes.

Conforme a lei de Cidade, o Serviço de Atendimento Móvel deve ser formado por equipe multidisciplinar qualificada e treinada para o diagnóstico do câncer infanto-juvenil. “Essa equipe é responsável pela avaliação inicial do paciente, pela coleta de sangue e os encaminhamentos necessários para mais exames e acompanhamentos. Certamente, esse serviço é um avanço nesse tipo de atenção”, disse o parlamentar.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), nas últimas quatro décadas, o progresso no tratamento do câncer na infância e na adolescência foi extremamente significativo. Hoje, em torno de 80% das crianças e adolescentes acometidos da doença podem ser curados, se diagnosticados precocemente e tratados em centros especializados.
 
 
Julho Verde
 
O dia 27 de julho é o Dia Mundial de Prevenção do Câncer de Cabeça e Pescoço e, para conscientizar os brasileiros sobre a importância do diagnóstico precoce para a eficácia no tratamento, a Associação de Câncer de Boca e Garganta - ACBG Brasil criou a campanha Julho Verde. O objetivo da campanha é chamar atenção para um tumor cujos sintomas, muitas vezes, são negligenciados.

No Brasil, o câncer de cabeça e pescoço deve acometer anualmente de 35 mil a 40 mil brasileiros. Segundo levantamento do Inca, o câncer de boca, laringe e demais sítios é hoje o segundo mais frequente entre os homens, atrás somente do câncer de próstata. Nas mulheres, é o quinto mais comum, ficando atrás do câncer de mama, tireoide, cólon e reto. O câncer de cavidade oral é o sétimo mais comum no Brasil.
 
 
Cabeça e Pescoço
 
Os tumores de cabeça e pescoço são uma denominação genérica do câncer que se localiza em regiões como boca, língua, palato mole e duro, gengivas, bochechas, amígdalas, faringe, laringe, esôfago, tireoide e seios paranasais.

 

 

...

ASSESSORIA