Sábado, 31 Outubro 2020 09:22

DENARIUM QUER PF NO CASO ROMANO

Avalie este item
(0 votos)

REDAÇÃO AgNORTE.com.br

Cedo ainda para especulações, porém, o Caso Romano dos Anjos, jornalista que afirma ter sido sequestrado, e que se encontra ainda no hospital, se recuperando das agressões que sofreu, acaba que seu caso vai tomando rumos que em tempos de eleição é pura ebulia quando se tem notícias que o governador do Estado e um senador da República teriam sido citados em declarações da vítima, que teria ouvido dos bandidos tais nomes,isto  enquanto estava na mira dos criminosos.

Diante disto, ainda que o processo de investigação pela Polícia Civil tome todas as direções, e estaria sendo feito em segredo de justiça, nesta tarde de sexta, 30, o governador Antonio Denarium pediu que a Polícia Federal acompanhe as investigações, como forma de ajudar na lisura e transparência no processo.

O governador declarou que vai solicitar, oficialmente, ao Ministério da Justiça.

CITADO

Denarium foi até a sede da Polícia Federal pedir auxílio na investigação após o nome dele ser citado em um depoimento dado à Polícia Civil de Roraima.

Em relação aos documentos que integram o Inquérito Policial, estão em sigilo e as investigações estão em andamento.

"Quero assegurar que não tenho nenhum envolvimento nessa história.  Todos sabem do meu apreço pela classe jornalística e jamais atacaria um profissional de imprensa por exercer seu livre direito de crítica. O meu governo atuará sempre para assegurar que a democracia seja vivida de forma plena, garantindo a liberdade de imprensa, a liberdade de expressão, o direito de o jornalista exercer sua profissão mediante qualquer situação", enfatizou Denarium.

E complementou: "Vou exigir rigorosa apuração da Polícia Civil e da Polícia Federal no caso e não permitiremos em nosso Estado intimidações, constrangimento e nenhum tipo de violência contra o profissional ou contra o cidadão. Determinei ao secretário de Segurança, coronel Edilson Prola e ao delegado geral Herbert Amorim, a apuração dos acontecimentos noticiados".

TAMBÉM QUER PF

O senador Mecias também foi outro que procurou a PF, para também solicitar que entre no caso.

Citado, teria sido nas falas dos bandidos, como diz romano, o senador Mecias volta a ser alvo de escândalo policial, mais uma vez sendo tratado como possível paticipante de um crime.

O sendor afirma, assim como o governador, que não tem não está envolvido em nenhum esquema de sequestro, que jamais cometeu algum crime.

REVELAÇÕES

Neste domingo no programa nacional da Record, Romano do Anjos aparecerá após ter gravado entrevista, e tem muitas novidades, prometendo revelações, que certamente aumentará o desconforto de políticos. mais fogo nesta fogueira que acontece. 

Nas redes sociais se diz de um tudo quando partidários de grupos políticos do senador Mecias de Jesus, bem como de Denarium, espalham que Romano teria sofrdio um sequestro 'armado', só para tumultuar o processo atual.

Por outro lado, adversários do ex senador Romero Jucá também fazem a mesma acusação, e até o senador Telmário Mota é ouro que por ser reconhecido por sua falácias, também apimenta o clima dizendo que o jornalista faz parte de um esquema de armação de sequestro. 

Por fim, a Polícia garante que tudo está sendo investigado, nenhuma hipótese está descratada, ainda que tudo ocorra em segredo de justiça, mais e mais boatos se espalham.

...

Fom fonte - SECOM RORAIMA

FOTOGRAFIA: Fernando Oliveira 

-